Inadimplência sobe no ensino superior



Taxa passou para 25,5% na primeira quinzena de abril, na comparação com 14,9% em igual período do ano passado.


A taxa de inadimplência registrada pelas faculdades particulares saltou de 14,9% para 25,5% na primeira quinzena de abril, quando comparado ao mesmo período de 2019, segundo levantamento do Instituto Semesp, sindicato das instituições de ensino superior privado.


Para o acumulado de 2020, as projeções de taxa de inadimplência variam de 10,1%, num cenário otimista, até 11,2% numa expectativa mais pessimista. No ano passado, a inadimplência foi de 9,5%.


“O ensino superior privado brasileiro deve sofrer um impacto considerável com o aumento na taxa de inadimplência e aumento no número de evasão, mesmo que de forma momentânea, em 2020”, informa estudo do Instituto Semesp.


A taxa de evasão de alunos estimada para este ano é de 34,4%, o que representa aumento de 3,4 pontos percentuais em relação a 2019. “Porém, como o atual cenário é inédito e altamente incerto, o número de alunos que desistirá nos próximos meses dependerá exclusivamente das ações tomadas pelos órgãos competentes e também pelas próprias instituições de ensino”, pondera o Semesp no levantamento.


Sobre o retorno às aulas presenciais, o Semesp acredita que num cenário otimista pode ocorrer no segundo semestre. Já considerando uma perspectiva mais pessimista, a projeção é que a maioria das instituições continue exclusivamente com as atividades on-line até o fim de 2020.

3 visualizações

Desde 11.2015 Grupo Múltipla, atendendo com qualidade.

Todos os direitos reservados.

Ligação  Gratuita 0800-031-1222

Para Capitais e Regiões Metropolitanas

4062-0660 Ramal 7100

Demais regiões

(41) 4063-7100

(11) 4862-0042

contato@multiplacob.com.br

  • Facebook Clean
  • Twitter Clean
  • LinkedIn Clean